Bom dia!  Quarta 19/12/2018 08:22

• 9/3/2018 - sexta-feira

Assembleias aprovam PLR, aumento
de salário e garantia de direitos

Nosso Sindicato realizou quatro assembleias nesta sexta (9), a fim de apresentar aos trabalhadores propostas de negociações com as empresas. Na Macom Instrumental Cirúrgico, instalada no Parque Industrial Ferreira Fernandes, os cerca de 90 funcionários tiveram 5% de reajuste salarial e manutenção dos direitos da Convenção Coletiva.

A Macom pertence ao Grupo 10 patronal, único que não fechou acordo com a Federação da categoria na campanha salarial unificada. O Sindicato negociou dois itens importantes, que foram aprovados por unanimidade: reajuste salarial de 5% referente à data-base; e Participação nos Lucros e/ou Resultados (PLR), que pode chegar a R$ 1.200,00.

Os diretores Alex Lima e Daniel Hermínio Estevan coordenaram a assembleia. Alex informa: “Os companheiros ficaram satisfeitos com as negociações. Além do reajuste, os direitos garantidos na Convenção Coletiva foram mantidos”. A PLR será paga em março e até maio.


Diretores Daniel Hermínio e Alex Lima falam aos trabalhadores da Macom

Também houve assembleias na Aneas (Água Chata), Incoflandres (Cumbica) e Estribopeças (Ponte Grande). As empresas têm 25 empregados cada.

Metalúrgica Aneas - Na empresa, que também pertence ao Grupo 10 patronal, o reajuste salarial será de 2%, com manutenção dos benefícios da Convenção. Como o reajuste é retroativo a novembro, a empresa vai pagar a diferença na folha de março. Assembleia conduzida pelos diretores Antonio Francisco da Silva (Fala Mansa) e Elenildo Queiroz Santos (Nildo).

Incoflanddres - O diretor José Carlos Santos Oliveira (Chorão) e o assessor Araxá apresentaram proposta de Participação nos Lucros na empresa. O pagamento do benefício ocorre em abril, de uma só vez.

Estribopeças - Os metalúrgicos rejeitaram a proposta de PLR apresentada pelo patrão. O diretor Ricardo Pereira de Oliveira, que conduziu a assembleia, explica: “A empresa queria pagar 50% do valor da Participação do ano passado. É claro que os companheiros não aceitaram”. Os assessores Sandro e Ricardo participaram da assembleia.

O Sindicato protocolou documento, dando prazo de cinco dias para a Estribopeças apresentar proposta melhor.