Boa tarde!  Domingo 22/04/2018 13:14

• 19/3/2018 - segunda-feira

Evento reuniu trabalhadoras
da ativa e aposentadas

O auditório do Sindicato ficou lotado no sábado (17) pela manhã com a presença de mais de 200 mulheres sócias, não sócias e aposentadas. Elas participaram do evento em homenagem ao Dia Internacional da Mulher, que teve várias atividades como sorteio de brindes, música ao vivo e palestras.

O presidente do Sindicato, José Pereira dos Santos, disse: “Foi uma homenagem justa àquelas que cumprem tripla jornada de trabalho e ainda enfrentam muitas dificuldades no seu dia a dia. Nossa bandeira é que elas tenham respeito em seu local de trabalho, que não sofram com violência em casa e que tenham os mesmos direitos, inclusive o salário, que os homens”.


Presidente Pereira, ao lado das diretoras Roseli, Márcia e Raquel destaca a luta das mulheres

Evento - Logo após a formação da mesa, com o presidente Pereira e as diretoras Roseli Lima, Raquel de Jesus e Márcia de Aquino, que integram nosso Departamento Feminino, todas cantaram o Hino Nacional. Também foi observado um minuto de silêncio em homenagem à vereadora Marielle Franco (Psol), assassinada no Rio de Janeiro.
 
A diretora Roseli destaca: “Nosso compromisso é com a garantia de todos os direitos, e com um grande não contra a violência. Lançamos neste ato o movimento elaborado pela IndustriALL Global Union, com o tema ‘Sindicatos dicen no a la violencia’. Esta campanha será desenvolvida em todo o Mundo”.


Diretora Roseli, ao lado do presidente Pereira, diz que é preciso dar um basta na violência


Brindes - O primeiro sorteio foi de uma bicicleta, que saiu para Adriana Bernardino dos Santos. Foram sorteados muitos outros brindes.

Sandra Oliveira dos Santos, operadora de máquinas na Randra (Jardim  Nova Cumbica) foi uma das ganhadoras e elogiou o Sindicato. Ela afirma: “Foi um grande evento em nossa homenagem, com mensagens positivas e palestras elucidativas. Só posso elogiar o Sindicato, pelas suas ações, realizações, eventos e o mais importante: nunca deixa os trabalhadores abandonados. A gente, se fosse sozinha e sem nosso Sindicato, não conseguiria nada”.

Palestras - As participantes acompanharam duas palestras. Na primeira, a socióloga Camila Ikuta, técnica do escritório regional do Dieese, abordou “O impacto da reforma trabalhista na vida da mulher”. O diretor Elenildo Queiroz Santos, do nosso Departamento de Segurança e Saúde do Trabalhador, falou sobre a saúde da mulher e os seus direitos, que são mantidos com a Convenção Coletiva de Trabalho.

A festa foi animada com música ao vivo de Raimundo Batista e seu violão. No encerramento, houve um coquetel no restaurante do Biri, ao lado do Sindicato.