Boa noite!  Segunda 18/03/2019 20:22
• 11/3/2019 - segunda-feira

Diretoras realizam ações
e distribuem boletim nas fábricas

Este mês foi denominado pelo Sindicato de “Março Mulher”. Como se sabe, o dia 8 é comemorado mundialmente como o Dia Internacional da Mulher. A data reverencia a memória das trabalhadoras norte-americanas mortas em 1911 ao fazer greve contra a jornada abusiva, de até 16 horas diárias.

Na sexta, dia 8, o Departamento Feminino do Sindicato começou as atividades com homenagens às próprias trabalhadoras da entidade. Na parte da tarde, houve panfletagem na empresa Dyna, no bairro do Itapegica.

Mensagem - A principal mensagem levada pelo Sindicato às companheiras é sobre as agressões contidas no projeto de reforma previdenciária do presidente Bolsonaro. Nossa diretora Roseli Lima comenta: “A mulher é a grande vítima da reforma, porque terá que trabalhar mais, contribuir por mais tempo e receber uma aposentadoria menor”. Ele conclui: “O papel do Sindicato é alertar e pedir a mobilização de todas e de todos”.


Diretoras Roseli, Raquel e Márcia distribuem nosso boletim para trabalhadoras da Dyna

Outras -
Na tarde desta segunda (11), diretoras e diretores do Sindicato farão panfletagem na Continental (Itapegica). Amanhã cedo, será na empresa Marília (no Macedo). Durante a semana, haverá outras atividades, incluindo palestra no Sindicato dos Metalúrgicos da Capital.

Pereira -
Nosso presidente José Pereira dos Santos afirma: “Em qualquer governo, toda vez que a classe trabalhadora foi atacada, o Sindicato denunciou. Agora, não é diferente. A reforma da Previdência é muito ruim e atinge inclusive viúvas e pensionistas”.

As ações referentes ao “Março Mulher” estão sob coordenação de nosso Departamento Feminino, integrado pelas companheiras Roseli, Márcia e Raquel. Segundo Márcia de Aquino Meira, “o boletim foi muito bem recebido pelas companheiras, que ficam assustadas ao saber dos prejuízos que a reforma pode provocar”.

Clique aqui e leia nosso boletim.