Sindicato dos Metalúrgicos de Guarulhos e Região
Telefone (11) 2463-5300 / E-mail sindicato@metalurgico.org.br

• 18/3/2019 - segunda-feira

Maria Lucia Barboza Modesto, 62, tem uma bonita história de vida, que possui profundas ligações afetivas com o nosso Sindicato.

Quase semanalmente, Lucia, como é conhecida, encontra um jeito de dar uma passadinha pela sede. Num dia é pra cortar o cabelo; noutro faz as unhas; e, às vezes, aparece somente pra rever os amigos. Enfim, é figurinha carimbada e conhecida por todos os diretores e funcionários da entidade.

Muita gente não sabe, mas Lucia é filha de Teotino Vitor Modesto, um dos fundadores do nosso Sindicato. Por isso, foi escolhida no mês da Mulher, para ser o personagem do mês. Vaidosa que é, não poderia ganhar essa homenagem em outra época.

Lucia recorda: “Lembro deste Sindicato quando era apenas uma casinha simples, aqui mesmo no Centro. Não tinha essa estrutura que tem hoje. Meu pai sempre me levava nas festas, em consultas médicas e no dentista. Parece que foi ontem”.


Borlem - Teotino Modesto foi metalúrgico da Borlem na década de 1970. Segunda Lucia, ele iniciou sua trajetória no Sindicato como contador e, depois, virou diretor. Era um grande sindicalista, prestativo, inteligente e atuante.

Ela diz: “Se hoje tenho uma vida dentro do Sindicato, foi porque o meu pai me ensinou. Ele sempre me dizia e orientava que pagar o Sindicato era importante, pois era essa entidade que lutava pelo trabalhador. Que não deixava a empresa nos fazer de escravos. E ainda concedia benefícios. Eu nunca esqueço e estou aqui até hoje”.

Árbitro - Quem pensa que Teotino Modesto dedicou a sua vida apenas ao Sindicato, está enganado. Ele também foi juiz de futebol, segundo Lucia. “Apitava jogos no campo do Flamengo de Guarulhos, ali no bairro do Tranquilidade. Era uma grande paixão que ele tinha”, disse, ao lembrar que o pai, assim como ela, era fanático por esportes.

Ela cita outras características dele: “Era muito bem-humorado, feliz, alegre e brincalhão”. Teotino faleceu no dia 29 de dezembro de 1979.

Ford - Por sua influência, Lucia também foi metalúrgica. Começou a trabalhar na antiga Ford, em Guarulhos, em 1978. Por 18 anos, além de metalúrgica foi associada ao nosso Sindicato.

E, mesmo longe das fábricas, está sempre presente na vida dos companheiros que a abraçam pelos corredores da sede, como se fosse o saudoso Teotino Modesto.

Toda homenagem à filha deste grande sindicalista é justa!

Parabéns por manter a memória de seu pai viva, Lucia!

 


Voltar Topo Enviar a um amigo Imprimir Home
Receba nossa Newsletter: Nome Email