Boa tarde!  Segunda 17/06/2019 15:41
• 25/3/2019 - segunda-feira 

Julio Simões sagra-se campeã
ao bater U-Shin por 2 a 1

A Julio Simões fecha um ciclo de ouro nas competições esportivas do nosso Sindicato. Depois de vencer o torneio de futsal no ano passado, conquistou domingo (24) o título do 25º Campeonato de Futebol.

A equipe do técnico Anderson da Silva (Guerreiro) ganhou da U-Shin por 2 a 1, de virada. Ao final do jogo, já durante as comemorações, ele desabafou: “Há dez anos estávamos almejando esse título. Batendo na trave. Mas chegou o grande dia. Agora é só festejar e gritar que somos campeões”.


Atletas da Julio Simões festejam com troféu de 1º Lugar

Pereira - Nosso presidente José Pereira dos Santos parabeniza todas as equipes participantes do torneio, o Departamento de Esportes e toda a diretoria do Sindicato pelo sucesso na realização do campeonato.

“A final foi um grande jogo, de alto nível. E não só isso. Foi um grande evento que reuniu trabalhador e família. Precisamos dar continuidade a tudo isso. Desde que assumi o Sindicato, estimulo a prática do sindicalismo-cidadão. É a entidade que está junto com o trabalhador, mas também junto a sociedade”.


Presidente Pereira discursa ao lado de diretores Cabeça, Zoião e deputado estadual Márcio Nakashima

Jogo - O bom duelo que já era esperado entre as duas equipes se confirmou já no início da partida. Aos 14 minutos do primeiro tempo, a U-Shin, que entrou em campo para defender o título, marcou o primeiro gol do jogo. Em cobrança de escanteio, o camisa 7 Marcelo Gomes cabeceou firme e abriu o placar. 

Porém, pouco depois, a U-Shin sofreu um apagão e tomou a virada em dois minutos. Aos 27, o atacante Thiago Assunção fez bela jogada pela direita e tocou para Clayton Barboza (Claytinho), que empatou a partida. Aos 29 minutos, a virada. Em bobeira da zaga, o camisa 7 Guilherme Rodrigues recebeu livre e tocou na saída do goleiro.

No segundo tempo, a Julio Simões teve a oportunidade de ampliar o placar em cobrança de pênalti, mas Thiago Assunção errou. Depois, a U-Shin até ensaiou uma pressão, mas não conseguiu furar a defesa adversária que, além do título, levou para casa o troféu de defesa menos vazada. Tomou apenas cinco gols durante todo o campeonato.


Camisa 10 da Julio Simões, Claytinho fez o primeiro gol e foi pro abraço

Terceiro lugar - A terceira colocação ficou com Steel Rol, que aplicou uma goleada na Golin, por 4 a 0, antes da grande decisão.

Melhor - Autor do segundo gol da Julio Simões, Guilherme Rodrigues foi eleito o destaque da final e levou um troféu individual para casa. Ele diz: “Foi uma emoção muito grande. Pelo trabalho que fizemos durante todo o campeonato, seria uma eterna frustação chegar na final e não ser campeão. Todos estão de parabéns”.

Artilheiro - Daniel do Carmo (Danielzinho), da Steel Rol, chegou para disputar o terceiro lugar do torneio com 15 gols marcados, o mesmo número de gols de Thiago Assunção (Pelezinho), da U-Shin. Ele não titubeou e marcou três gols contra a Golin. Foi o artilheiro do Campeonato, com 18 gols. Ele comenta: “No ano passado, por causa de dois gols não fui artilheiro. Esse ano fico feliz por essa conquista”. 


Danielzinho, da Steel Rol, fez 18 gols e foi o artilheiro da competição

Arbitragem - O comando da arbitragem foi totalmente feminino. Regildênia Holanda, árbitra master da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) foi responsável pela final. Ela teve o auxílio de Danila Ramos, Juliana Menezes e Tatiana Oliveira.