no site na web Voltar ao inícioHomePesquisarPesquisarMapa do siteMapa do Site

História do Sindicato

De Mathias a Pereira: 50 anos de lutas e conquistas!

O Sindicato foi fundado dia 30 de abril de 1963. O primeiro presidente foi José Mathias. Logo, em 1964, veio o golpe militar, que instaurou a ditadura. As lideranças democráticas eram combatidas, cassadas, torturadas e até mortas. Não demorou muito para que o mandato de Mathias fosse cassado.

Joaquim dos Santos Andrade, o Joaquinzão, foi indicado interventor pelos militares. Ele conduziu a entidade até 1965, ano em que o Sindicato voltou ao comando dos trabalhadores, com a eleição da chapa encabeçada pelo presidente Antônio Inácio dos Santos. Ele ficou no cargo por um mandato.

Novo pleito, em 1967, elegeu o presidente Vicente Gonçalves Filho, o Vicentinho. Reeleito em 1969, Vicentinho aumentou o tempo de mandato, de dois para três anos. Em 1972, assume Arnaldo Rodrigues Paixão, permanecendo no cargo também por dois mandatos. Em 1978, em novas eleições, os trabalhadores escolhem para a presidência Edmilson Felipe Nery (atualmente, Nery continua na ativa como presidente da Associação dos Trabalhadores Metalúrgicos Aposentados de Guarulhos, a Atmag). Nery foi o primeiro presidente a ficar no comando por três mandatos seguidos.

Em 1987, Francisco Cardoso Filho, o Chicão, vence as eleições do Sindicato e é reeleito em 1990, 1993 e 1997. Chicão liderou o Sindicato por quatro mandatos consecutivos, até se licenciar, em 2000, para assumir o cargo de vereador por Guarulhos.


Pereira - Começa aí a despontar outro grande líder metalúrgico: José Pereira dos Santos, o Pereira. Então vice-presidente da última gestão de Chicão (1997-2001), Pereira se destaca ao elaborar projetos políticos e sociais. Nas eleições de 2001 do Sindicato, Pereira foi o candidato natural da chapa 1, “União e Ação”, e foi eleito com o maior número de votos da história do Sindicato, totalizando 97% dos votos válidos.

Na gestão “União e Ação”, sob o comando de Pereira, a categoria teve seu patrimônio ampliado e somou vitórias históricas. No Clube, Pereira construiu o novo Parque Aquático, pista de skate, nova lanchonete na prainha. Com previsão para conclusão até 2009, estão em andamento as obras do ginásio poliesportivo no Clube, que terá capacidade para 9 mil pessoas.

Benefícios - Em 2003, nova, ampla e moderna sede foi inaugurada. Na Colônia de Férias, em Caraguá, duas piscinas foram construídas. Novos convênios garantem ensino de qualidade para sócios e dependentes com descontos especiais. Dentista de graça foi implantado em 2006.

Nas campanhas salariais, mais conquistas. Aumento real nos últimos quatro anos e novas cláusulas nas Convenções Coletivas, que ampliam os direitos dos trabalhadores, fortaleceram os metalúrgicos.

Da ditadura militar à democracia

O Sindicato foi fundado um ano antes de um dos mais conturbados momentos políticos da história do Brasil: o golpe militar, em 1964, que instaurou a ditadura e sufocou a democracia. O Sindicato lutou contra a ditadura, teve participação ativa pelas eleições diretas no País, exigiu direitos trabalhistas na Constituição de 1988 e participou ativamente de grandes mobilizações ao longo da história.

Força Sindical - Em 1991, o Sindicato, junto a outras entidades, participou da fundação da Força Sindical, por entender que a conquista se dá com a união de forças. Atualmente, com 16 anos de existência, é um ícone político que se propõe a representar, além da categoria dos metalúrgicos, a sociedade como um todo, pois é constante a luta por políticas de geração de emprego e que promovam distribuição de renda, inclusão e justiça social.

Desde seu surgimento, o Sindicato lutou e continuará lutando pela democracia plena e liberdade de expressão.

Da casinha simples a um amplo patrimônio

No começo, uma pequena e simples casa na rua Harry Simonsen, no Centro de Guarulhos (onde fica a atual escola). Hoje, quase 45 anos depois, o Sindicato conta com um dos mais completos patrimônios do sindicalismo brasileiro. A sede nova (rua Harry Simonsen, 202, Centro, Guarulhos), com sete pavimentos, é ampla e moderna, oferecendo conforto e agilidade nos serviços à categoria.

Na antiga sede, o Sindicato realiza eventos e promove o Programa de Apoio Psicoprofissional, que ajuda desempregados a retornarem ao mercado de trabalho. Parte da antiga sede é utilizada pelo Ciet Central da Prefeitura, que é o orgão municipal encarregado de colocação no mercado de trabalho. Parte das instalações é utilizada pela Ameplan, empresa de convênio médico. Tanto o Ciet quanto a Ameplan utilizam parte das instalações mediante pagamento de aluguel. Duas subsedes (Arujá e Mairiporã) levam assistência ao trabalhador. No Clube de Campo (Parque Primavera), a categoria conta com o maior parque aquático da região. Nossa Colônia de Férias, em Caraguatatuba, Litoral Norte de São Paulo, a duas quadras da praia, garante conforto, segurança e lazer de qualidade.


A escola profissionalizante Data-Brasil funciona ao lado da sede, em prédio do Sindicato. Graças à parceria, associados e dependentes ganham descontos a partir de 40% nos cursos. Nosso Sindicato é considerado um dos maiores da categoria na América Latina. O patrimônio cresce, o Sindicato se fortalece.

Voltar Topo Indicar a um amigo Imprimir
 

Sindicato dos Metalúrgicos de Guarulhos e Região
Rua Harry Simonsen, 202, Centro, Guarulhos, SP.
CEP 07013-110. Telefone/fax (11) 2463.5300.

  Nipotech