Sindicato dos Metalúrgicos de Guarulhos e Região
Telefone (11) 2463.5300 / E-mail sindicato@metalurgico.org.br

 

• 12/11/2019 - terça-feira

Reforma trabalhista foi ruim para
os trabalhadores, avalia dr. Marcílio

Responsável pelo Departamento Jurídico do nosso Sindicato, o advogado Marcílio Penachionni faz uma avaliação dura dos dois anos da Reforma Trabalhista de Temer, completados segunda (11).

Segundo o advogado, com mais três décadas de atuação profissional, a promessa de Temer era gerar cinco mil empregos. “Passados dois anos, constatamos que não houve geração de emprego. Houve, sim, crescimento da informalidade, emprego sem Carteira assinada e fuga da Justiça do Trabalho”, ele critica.

Despesas - O dr. Marcílio enfatiza que a reforma trabalhista trouxe impedimentos quanto às demandas na Justiça do Trabalho e risco de despesas para o empregado. Ele explica: “O trabalhador precisa pagar hoje pra usar o poder judiciário. Pode ser condenado nas custas processuais. Pode ser condenado a pagar honorários advocatícios. Isso tem gerado indecisão e medo”.

Patrão - Para nosso advogado, “se teve alguém beneficiado com essa reforma foi o patronato”. E observa que as travas impostas pela reforma de Temer “fazem o empregado deixar de buscar seu direito líquido e certo. O que acaba protegendo o empregador que tem no seu passivo trabalhista uma diminuição incrível”. Portanto, conclui o dr. Marcílio Penachoni, “não temos e nada a comemorar nesses dois anos de reforma”.



Voltar Topo Enviar a um amigo Imprimir Home
Receba nossa Newsletter: Nome Email