Sindicato dos Metalúrgicos de Guarulhos e Região
Telefone (11) 2463.5300 / E-mail sindicato@metalurgico.org.br

 
11/5/2020 - segunda-feira

Parabéns às empresas que cumprem
as normas. Mas denuncie as omissas!

Primeiro a vida, depois o emprego e todo o resto. Nosso Sindicato está muito preocupado com o avanço da pandemia do coronavírus.

Para tanto, temos orientado a base, cobrado segurança nas empresas e observado que em vários locais as regras do Ministério da Saúde e da OMS são seguidas. Mas essa não tem sido a regra.

A contaminação aumenta em todo o Brasil e há regiões em que as autoridades perderam o controle. Segundo Ministério da Saúde, até domingo (10), nosso Estado registrava 45.444 casos de infectados, 3.709 mortes. No Brasil já haviam morrido pela Covid-19 mais 11 mil pessoas.

O Sindicato quer que os patrões redobrem os cuidados dentro da fábrica. Nosso vice-presidente Josinaldo José de Barros (Cabeça) reforça: “É fundamental que as empresas sigam as orientações médicas e das autoridades e garantam a saúde dos funcionários”.

Exemplo - As boas práticas também devem ser divulgadas. Caso da Rossetti (Bonsucesso), que produz equipamentos rodoviários. Nosso diretor Cabeça conta: “Na porta da Rossetti fica um enfermeiro que mede a temperatura e distribui máscara. Logo à frente, tem álcool gel a todos que entram”. No refeitório e salas de reuniões, todos obedecem ao distanciamento de 1,5 metro, conforme orientam as autoridades sanitárias.

Denuncie - Infelizmente, muitas empresas nem álcool gel têm. Nosso vice pede que o trabalhador denuncie esse tipo de patrão desumano e irresponsável. “Se a fábrica não fornece máscara, álcool gel e equipamentos de segurança e saúde, ligue no Sindicato e denuncie”, ele pede.

LIGUE - O telefone do Sindicato é 2463.5300. De segunda a sexta das 10 às 15 horas. Contate nosso Departamento de Saúde e Segurança: (11) 99703.2284.


Enfermeiro mede temperatura de funcionária na Rossetti
Voltar Topo Enviar a um amigo Imprimir Home
Receba nossa Newsletter: Nome Email