Sindicato dos Metalúrgicos de Guarulhos e Região
Telefone (11) 2463.5300 / E-mail sindicato@metalurgico.org.br

 
• 9/9/2020 - quarta-feira

Sindicalismo diz à Prefeitura por que
é contra reabrir escolas na pandemia


O metalúrgico tem filho na escola. O comerciário tem esposa que trabalha em escola. O condutor tem parente que dá aula. O têxtil tem família na qual a criança vive com os avós. Enfim, de um modo ou de outro, todo trabalhador tem ligação com a vida escolar.

Por isso, as entidades de classe são contra reabrir escolas em meio à pandemia da Covid-19. Essa preocupação foi manifestada mais uma vez, na manhã desta quarta (9), durante reunião on-line com representantes da Prefeitura de Guarulhos.

Participaram nosso presidente José Pereira dos Santos pela Força Sindical; Walter dos Santos, pela UGT, Alvaro Egea, CSB; e Wagner Menezes (Marrom), pela CUT. Pela prefeitura participaram Bruno Moreira, subsecretário do Governo, e Fábia Aparecida Costa, subsecretária da Educação.

O presidente Pereira afirma: “Ninguém tem o direito de expor a segurança de alunos, professores e também de pais de alunos. Não aceitamos que a busca de lucro por escolas privadas coloque em risco vidas humanas”.

Criança - É impraticável fazer uma criança cumprir normas e protocolos. Os alunos menores vão brincar, se abraçar, tirar as máscara e se contaminar. Como a criança, geralmente, não apresenta sintomas da Covid-19, ela vai passar o vírus pra outra pessoa e a seu círculo familiar. Que o prefeito tenha bom senso. Que os donos de escola respeitem a vida humana!


A videoconferência contou com a participação de representantes da Força, CUT, UGT e CSB
Voltar Topo Enviar a um amigo Imprimir Home
Receba nossa Newsletter: Nome Email